ZONA OESTE TERÁ MAIS 4 ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE RIOS ATÉ AS OLIMPÍADAS


O prefeito Eduardo Paes aproveitou a visita de integrantes do Comitê Olímpico Internacional (COI) à Unidade de Tratamento de Rio (UTR) Arroio Fundo, em Jacarepaguá, para anunciar que outras quatro estações serão construídas na região.

Até os Jogos Olímpicos de 2016, todos os rios que deságuam nas lagoas da Zona Oeste ganharão tratamento.

As novas estações ficarão no Arroio Pavuna, no Pavuninha, no Anil e no Rio das Pedras, que cortam a região de Jacarepaguá.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto da Silva, as unidades vão receber 4.500 litros de água por segundo.

Esse volume representa um caminhão-pipa de água recebendo tratamento a cada dois segundos. A estação já em funcionamento recebe 1.800 litros de água por segundo.

O dia de visitas de integrantes do COI a obras de preparação do Rio para os Jogos Olímpicos de 2016 começou por volta das 10h, na Barra da Tijuca.

A presidente da Comissão de Coordenação do COI para os Jogos Rio 2016, a marroquina Nawal El Moutawakel, acompanhada de outros 17 membros do comitê, foram primeiro conhecer o canteiro de obras do mergulhão da Avenida Ayrton Senna, por onde passará o Bus Rapid Transit (BRT) Transcarioca.

O grupo ainda esteve na UTR de Arroio Fundo e no Maracanã. No estádio, foram apresentados o projeto de reforma e também peças históricas que farão parte de uma exposição comemorando os 61 anos do Maracanã, completados este mês. A reabertura do estádio está prevista para dezembro de 2012.

Os visitantes também conheceram o Centro de Operações Rio e o Sambódromo, junto ao qual, no domingo, foi implodida a antiga fábrica da Brahma, abrindo espaço para a ampliação da Passarela do Samba.

A comissão do COI esteve ainda no Ginásio Experimental Olímpico Juan Antonio Samaranch, em Santa Teresa, que começará a funcionar em 2012.


Fonte -Fonte: O Globo/AC