Geral

VTRM vai erguer usina híbrida eólica-solar


A Aneel aprovou recentemente o projeto piloto de parque híbrido eólico e solar da VTRM, joint venture formada pela Votorantim Energia e a CPP Investments. Com operação prevista para o início de 2023, trata-se do primeiro do gênero no País e envolve investimento de R$ 189,98 milhões, com financiamento do BNDES.

O projeto funcionará no modelo de parque associado, onde a estrutura da nova usina solar com capacidade inicial para gerar 85,2 MWp será instalada em um terreno ao lado do já existente parque eólico Ventos do Piauí I, de 206 MW, com uma subestação de transmissão compartilhada. A energia do projeto solar complementará a produção do projeto eólico, cuja geração é mais intensa no período noturno.

Além do Ventos do Piauí I, a VTRM opera os complexos Ventos do Araripe III, localizados na Serra do Inácio, na divisa dos estados Pernambuco e Piauí. Atualmente a empresa está construindo mais dois novos complexos na região, com investimento de R$ 2 bilhões e previsão de operação para 2023. Os novos projetos já nascem preparados para aproveitar o potencial combinado da força dos ventos com a energia do sol, complementares nessa região. Isso significa que novos projetos híbridos sairão do papel. No dia 19 de maio, aliás, a Aneel abriu a segunda fase de consulta pública para normatizar as usinas híbridas e associadas.


Fonte: www.arandanet.com.br