Geral

Volume de produção industrial no estado do Rio é o menor em onze anos


produção industrial

O volume de produção industrial do estado do Rio registrou 33,1 pontos no primeiro trimestre deste ano e atingiu o menor patamar da série histórica da Sondagem Industrial Regional – Estado do Rio de Janeiro, iniciada em 2010. As empresas mais afetadas foram as de pequeno e médio porte. A pesquisa, divulgada pela Firjan nesta quinta-feira, dia 30, varia de zero a cem pontos, sendo que valores abaixo de 50 indicam queda.

Com a redução da demanda, ocorreu aumento no nível de estoques (50,4 pontos) e redução do número de empregados (44 pontos). A utilização da capacidade instalada ficou em 54,4%, também o menor patamar da série histórica da pesquisa. A Firjan considera que o cenário reflete a paralisação e a redução das atividades de diversas empresas por conta da pandemia do coronavírus.

Com a retração da atividade industrial, os empresários apontaram insatisfação com a situação financeira (34,9 pontos) e a margem de lucro (34,1 pontos). Além disso, com toda a incerteza causada pela pandemia do coronavírus, o acesso ao crédito (27,4 pontos) ficou ainda mais difícil, sendo o terceiro pior trimestre em dez anos.

Em relação aos próximos seis meses, os empresários industriais fluminenses, que estavam otimistas até o final do ano passado, passaram a ter uma visão pessimista. Todos os indicadores avaliados pela pesquisa – Demanda por Produtos, Número de Empregados, Compra de Matéria-Prima, Exportação e Investimento – apresentaram o pior resultado em dez anos.

Acesse aqui a Sondagem Industrial Regional – Estado do Rio de Janeiro.