Hidrossanitária

SOLUÇÃO SUSTENTÁVEL TRANSFORMA GARRAFAS PET EM LÂMPADAS


A falta de energia durante o apagão que atingiu diversos estados do Brasil em 2008 fez com que o mecânico Alfredo Moser, de Uberaba, MG, criasse uma solução barata e sustentável para ter energia em casa: uma garrafa pet se transformou em uma lâmpada.

A engenhoca de Moser é simples de ser feita e está ajudando milhares de pessoas a economizar energia e também ter luz dentro de casa o dia inteiro. Para produzir a lâmpada basta pegar uma garrafa pet transparente de dois litros, daquelas de refrigerante e encher com água e mais duas tampinhas de água sanitária – que serve para evitar que a água fique turva.

Depois de encapar a tampa da garrafa com uma embalagem de filme fotográfico, para que não derreta nem entre água, a garrafa deve ser encaixada no telhado da residência, com sua boca exposta ao sol – sem descuidar da vedação para evitar goteiras.

A intensidade da luz produzida pelas lâmpadas de garrafa é equivalente à de uma lâmpada incandescente de 40 a 50 watts de potência. E quem aderiu à invenção de Alfredo Moser não tem do que reclamar: as lâmpadas não dão manutenção e ainda ajudam a economizar energia.

Um vídeo com a reportagem do programa globo Repórter na época mostra como as lâmpadas são feitas e o quanto elas beneficiam os moradores de regiões mais carentes. O vídeo pode ser conferido no YouTube.

Repercussão:
A ideia do mecânico Alfredo Moser já rodou o mundo, pois o a solução além de ser barata e limpa é eficiente para comunidades carentes. O vídeo do Globo Repórter foi parar em diversos blogs e sites ao redor do planeta, de 2008 para cá. Foi base para uma matéria da CNN ainda em 2008 e, recentemente, já em 2011, recebeu atenção do site BoingBoing.

Baseado na invenção do mineiro, a empresa brasileira de energia Ampla, do estado do Rio de Janeiro, está instalando em seus clientes de baixa renda, juntamente com o fornecimento de energia elétrica, as garrafas no telhado, para que os assinantes economizem energia – segundo a empresa, a economia chega a 30% no fim do mês.

E a ideia ainda é sucesso em outros cantos do mundo – embora nem sempre com o devido crédito. O filipino Illac Diaz, um ativista que iniciou diversos projetos sociais e ecológicos, criou o site Isang Litron Gliwanag (Um Litro de luz), que recruta jovens no mundo todo para construir e instalar o dispositivo de luz com garrafas PET em cidades carentes de seu país. No site há inúmeros vídeos das cidades atendidas.


Fonte -Fonte: Geek