Hidrossanitária

RIO TEM PROJETOS DE ENERGIA PARA SUPRIR NECESSIDADE DE NOVOS EMPREENDIMENTOS


Entre eles, quatro térmicas a gás e uma pequena central hidrelétrica entre Petrópolis e Teresópolis.

Para gerar a oferta de energia necessária à segurança dos empreendimentos em andamento no Rio, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços cadastrou seis projetos para as licitações de energia nova (A-3) e reserva.

Representantes da secretaria se reuniram com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) para discutir as necessidades regionais. Entre os seis projetos, há uma pequena central hidrelétrica (PCH), de 14 megawatts, entre Petrópolis e Teresópolis, o primeiro programa do tipo na Região Serrana.

Há também o plano de expansão da usina eólica de Gargaú, já em operação em São Francisco de Itabapoana. Além disso, há a previsão de quatro térmicas a gás nos municípios de Resende, Paracambi, Seropédica e Queimados.

Estímulo de incentivos fiscais:

De acordo com a subsecretária de Energia, Logística e Desenvolvimento Industrial, Renata Cavalcanti , a implantação destas unidades será estimulada com incentivos fiscais.

– Esses quatro municípios serão estratégicos porque abrigam ou vão abrigar grandes projetos empresariais – afirmou.
Ainda segundo Renata, as inscrições dos projetos para os próximos leilões da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), no segundo semestre, são a materialização do plano energético fluminense e vem ao encontro dos planos de desenvolvimento regional do governo.


Fonte -Fonte: Governo do Rio de Janeiro / Virgínia Cavalcante