Notícias

PREGÃO EXCLUSIVO DE RENOVÁVEIS LEILOARÁ ENERGIA SOLAR PELA PRIMEIRA VEZ


Não é somente de pré-sal e hidrelétricas que vive os leilões de energia no Brasil. Está marcado para segunda-feira, 18 de novembro, o primeiro leilão exclusivamente voltado à energia renovável no país.

São 429 projetos habilitados pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE/MME) para o leilão de energia A-3 visando assegurar o abastecimento do mercado consumidor nacional em 2016. A capacidade instalada total alcança 10.460 megawatts (MW).

A grande maioria dos empreendimentos, 381, é de projetos de geração eólica, que juntos respondem por 9.191 MW. Desses, 110 estão situados no Rio Grande do Sul e 105 na Bahia, sendo que o restante está distribuído no Rio Grande do Norte (71), Ceará (51), Piauí (26), Pernambuco (dez), Maranhão (seis) e em Santa Catarina (dois).

Competitividade

Apesar de ainda não ser considerada competitiva, devido ao alto custo, a energia solar participar pela primeira vez no pregão de comercialização de energia do governo federal. São 31 centrais de geração fotovoltaica habilitadas para o leilão, contabilizando 813 MW de capacidade instalada.

“Os projetos inscritos permitem que a EPE planeje a entrada da energia solar na matriz energética brasileira”, destacou à Agência Brasil, o presidente da EPE, Maurício Tolmasquim.

De acordo com o órgão, o preço máximo do leilão será de R$ 126 por megawatts-hora para todas as fontes participantes.


Fonte -EcoD