Geral

Pleito da Firjan: Prefeitura do Rio vai realizar ações para melhoria dos acessos ao Distrito Industrial de Santa Cruz


A Prefeitura do Rio vai intervir para melhorar as condições de infraestrutura dos acessos ao Distrito Industrial de Santa Cruz, que está em situação calamitosa. Tal compromisso foi assumido por Chicão Bulhões, secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio, e Edson Menezes, subprefeito da Zona Oeste da capital, durante encontro com representantes da Firjan e da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Santa Cruz e Adjacências (Aedin), em 12/01.

“Temos compromisso com as nossas indústrias para que fiquem aqui gerando emprego, renda, e trazendo muita atividade econômica”, destacou Bulhões ao anunciar a iniciativa e reiterar o acordo firmado no encontro de Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, presidente da Firjan, com Eduardo Paes, prefeito do Rio, no início do mês. Na ocasião, a questão do Distrito Industrial foi ressaltada e a prefeitura se comprometeu a resolver os problemas, principalmente os dos acessos.

Ao frisar que o Distrito Industrial é importante para a cidade do Rio de Janeiro e que resolver essa situação é prioridade – já que ocorre há muitos anos –, o secretário disse que vai buscar recursos e que conta com a participação das indústrias para ajudar no projeto com o objetivo de resolver o problema definitivamente.

Participante do encontro, Isaque Ouverney, gerente de Infraestrutura da Firjan, explicou que o próximo passo será uma reunião entre as secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico, Infraestrutura e Conservação para definir um plano de ação para a região. “As empresas do Distrito têm dificuldade não só na movimentação dos seus funcionários, mas também no transporte de insumos e material acabado, prejudicando a operação”, sinalizou Ouverney.

As secretarias municipais vão avaliar o projeto que a Aedin já possui para a revitalização da região. O plano a ser apresentado visa a melhoria da infraestrutura viária, com escoamento de águas pluviais, drenagem, asfaltamento, calçamento, iluminação e sinalização.

No encontro, foi destacada a importância do polo, que gera cerca de 18 mil empregos em 14 empresas instaladas, além de projetos que estão sendo implantados, como o da Indústria de Bioquímica da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Existem ainda outras áreas disponíveis para novos investimentos. Há uma consciência da importância do espaço, não só para a atividade econômica do município, mas também para o desenvolvimento da região de Santa Cruz e do município como um todo.

 

Fonte: firjan.com.br