Geral

Petrobrás não renegociará contratos com pequenos fornecedores para que estes “não desapareçam”


Petrobrás não renegociará contratos com pequenos fornecedores para que estes “não desapareçam”Os tempos de crise na indústria estão obrigando a Petrobrás a reavaliar contratos com seus fornecedores. Mas o presidente da estatal, Roberto Castello Branco (foto), garantiu nesta sexta-feira (17) que não fará renegociações com as empresas de pequeno porte, para manter a integridade da cadeia nacional de suprimentos. Na avaliação do executivo, isso poderia fazer com que companhias desse porte desaparecessem.

Para nós, como empresa, e para a economia como um todo, é fundamental a manutenção da integridade da cadeia de suprimentos. Então, estamos renegociando contratos com apenas grandes fornecedores, aqueles que têm musculatura suficiente para enfrentar uma situação de recessão global”, declarou o executivo, durante entrevista coletiva online, no início desta tarde. O presidente completou que não irá renegociar contratos “com pequenos fornecedores, pois não queremos que nenhum deles desapareça. Queremos que eles continuem saudáveis e produzindo e fornecendo bens e serviços que nós necessitamos”, completou.

A Diretora Financeira e de Relacionamento com Investidores da Petrobrás, Andrea Almeida, também reforçou que a empresa chamou os seus fornecedores de maior porte para renegociar, em um esforço para reduzir custos nestes tempos de crise. “Tentamos postergar vários pagamentos para o final do ano, porque o momento que estamos vivendo agora é de restrição de demanda. Estamos trabalhando para manter a liquidez da empresa. E claro, se necessário, vamos avaliar novas linhas de crédito. Mas o foco é mais importante da empresa agora é de fato reduzir custos”, afirmou.