Energia elétrica

PETRÓLEO E GÁS DEVEM RECEBER R$ 10 BI DO BNDES EM 2012


Os empréstimos do BNDES para o setor de petróleo e gás devem crescer nos próximos anos e, somente em 2012, deverão alcançar R$ 9,9 bilhões, disse o presidente do banco, Luciano Coutinho, na quarta-feira (22).

“Teremos certamente R$ 10 bilhões neste ano, e no período de 2014 a 2015 a tendência é crescer em função do conjunto de projetos já em análise”, disse ele em evento do setor, no Rio de Janeiro.

Em 2011 os empréstimos para petróleo e gás foram de R$ 7,15 bilhões, aproximadamente, segundo Coutinho, o que rende uma alta de 38% caso a projeção para este ano seja alcançada. Recente estudo do banco apontou para uma perspectiva de investimento em geral na indústria do país de aproximadamente R$ 596 bilhões até 2015, um crescimento de 48,5% em relação ao triênio 2007 a 2010.

O segmento de óleo e gás aparece no topo da lista com folga, com previsão de investimentos, de diversas fontes, de cerca de R$ 354 bilhões até 2015. “Não é uma previsão sem fundamento. É fato”, disse Coutinho.

Os empréstimos do BNDES para o setor de petróleo e gás devem crescer nos próximos anos e, somente em 2012, deverão alcançar R$ 9,9 bilhões, disse o presidente do banco, Luciano Coutinho, na quarta-feira (22).

“Teremos certamente R$ 10 bilhões neste ano, e no período de 2014 a 2015 a tendência é crescer em função do conjunto de projetos já em análise”, disse ele em evento do setor, no Rio de Janeiro.

Em 2011 os empréstimos para petróleo e gás foram de R$ 7,15 bilhões, aproximadamente, segundo Coutinho, o que rende uma alta de 38% caso a projeção para este ano seja alcançada. Recente estudo do banco apontou para uma perspectiva de investimento em geral na indústria do país de aproximadamente R$ 596 bilhões até 2015, um crescimento de 48,5% em relação ao triênio 2007 a 2010.

O segmento de óleo e gás aparece no topo da lista com folga, com previsão de investimentos, de diversas fontes, de cerca de R$ 354 bilhões até 2015. “Não é uma previsão sem fundamento. É fato”, disse Coutinho.


Fonte -Fonte: Agência Reuters