Energia elétrica

NOVOS INVESTIMENTOS EM GÁS NATURAL SOMAM US$ 226,6 MILHÕES


O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) contabilizou US$ 226,6 milhões em novos investimentos para o setor de gás natural anunciados no primeiro semestre de 2015. O valor representa a implantação de quatro projetos, sendo três referentes à construção de gasodutos e um, à instalação de usinas de biometano.

A Bahiagás, distribuidora do estado bahiano, será responsável pelo maior investimento daqueles contabilizados entre janeiro e junho de 2015, de US$ 140,5 milhões. A concessionária instalará um gasoduto de cerca de 300 km de extensão para atender ao sudoeste do estado.

A rede será conectada ao Gasene, da Petrobras. As obras serão iniciadas em 2015 e devem ser concluídas em quatro anos. A Bahiagás ainda será responsável pela construção de outro gasoduto, de 5,4 km, conectando as cidades de Salvador e Feira de Santana. Esse projeto receberá um investimento menor, de US$ 4,48 milhões.

Outro projeto de expansão da rede de distribuição é da Compagas, concessionária do Paraná, que totaliza US$ 30,5 milhões. O projeto prevê a construção de um ramal de 41,8 km de extensão, ligando os municípios paranaenses de Ponta Grossa e Castro. Além disso, a companhia pretende ampliar o fornecimento de gás para o setor residencial de Curitiba.

Investimento em biogás
Fora do segmento de distribuição, a Ecometano anunciou nesse semestre que fará investimentos para geração de biogás. Serão instaladas duas unidades de processamento de resíduos orgânicos nas cidades de Carlos Barbosa e Estrela, no Rio Grande do Sul.

Cada uma das plantas produzirá 35 mil m³/dia de biometano e 500 toneladas/dia de fertilizante. A construção das unidades será iniciada ainda em 2015 e a previsão de conclusão é 2016, de acordo com o ministério.


Fonte -Fonte: Jornal Brasil