Geral

Novos casos de covid-19 poderiam paralisar produção de plataformas no pré-sal por alguns dias


Novos casos de covid-19 poderiam paralisar produção de plataformas no pré-sal por alguns diasA Petrobrás já decidiu hibernar plataformas em águas rasas, mas poderia ser forçada também a interromper sua produção em unidades do pré-sal por alguns dias no caso de contaminação de vários funcionários a bordo. A afirmação foi feita pelo diretor de exploração e produção da estatal, Carlos Alberto Pereira Oliveira.

Como se sabe, até o momento foram oficialmente confirmados casos no FPSO Cidade de Santos, no campo de Urugá, e no FPSO Capixaba, no campo de Baleia Franca. Pereira explicou que no caso da primeira plataforma, as atividades foram paralisadas após a identificação de vários infectados. Mas a unidade deve retomar a operação já no final de semana. No caso de Capixaba, o reinício de atividades também deve ocorrer nos próximos dias.

Questionado pela reportagem do Petronotícias, durante entrevista coletiva online na tarde desta sexta-feira (17), sobre a possibilidade de paralisação também em plataformas do pré-sal, o diretor de E&P declarou: “Se tivermos algum problema de necessidade de uma população toda ser atingida a bordo, nós paralisamos a produção e procedemos o que chamamos de desinfecção”, afirmou. “Podemos ter a paralisação de alguns dias, se tivermos os casos. Que é o procedimento para todas as situações”, completou.