Eficiência Energética

MERCADO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL DEVE CRESCER 4% EM 2013


Dado é devido à manutenção do emprego e à oferta de crédito para reformar e construir. Obras de brasileiros da classe média estão aquecendo setor
O mercado de materiais de construção civil está aquecido. A expectativa do setor é de um crescimento de 4% neste ano. E são as pequenas obras que aceleram as vendas e fazem o setor crescer acima do restante da economia.

Depois de equipar a casa, milhões de brasileiros, que formam a nova classe média, aproveitam para investir na reforma e na ampliação do imóvel.

É o caso da dona Luzia. Desde o início do ano, quando instalou o portão, dona Luzia não parou mais. Agora, a reforma é na casa toda. A diarista fez economias e parcelou a compra do material.

“Vou lá e levo R$ 100, vou lá e dou R$ 200. Eu vou lá e levo R$ 400. É assim”, diz Luzia Maria de Jesus, diarista.

A associação que reúne a indústria de material de construção estima que as vendas vão crescer 4% este ano no país devido à manutenção do emprego, da renda e da oferta de crédito para construir ou reformar.

O presidente da associação diz que são as obras e reformas das famílias que vivem principalmente nas periferias que estão impulsionando o mercado.

“Essa nova classe média comprou seu carro, comprou a sua televisão. Essas famílias estão começando a perceber a importância de investir no seu patrimônio”, diz Walter Cover, presidente da Abramat.

Em um depósito de materiais de construção da Zona Sul de São Paulo, o dono diz que de janeiro a agosto deste ano, as vendas cresceram 10% em relação ao mesmo período do ano passado.

O empresário, que tem outras duas lojas de material, também pequenas, conta que a maioria dos clientes está ampliando a própria casa. E ele percebeu que também era hora de investir.

“Tivemos que contratar mais funcionários, aumentar o quadro de caminhões também. Aumentamos para poder dar continuidade ao trabalho que nós fazemos aqui no bairro”, diz Ariovaldo da Luz, comerciante.


Fonte -Fonte: Globo.com / Bom Dia Brasil