Hidrossanitária

LIGHT SERÁ ANFITRIÃ DO VII CONGRESSO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E DO III SEMINÁRIO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA CITENEL E SEENE


O VII Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica (Citenel) e o III Seminário de Eficiência Energética no Setor Elétrico (Seenel), eventos coordenados e realizados a cada dois anos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), acontecerão entre os dias 5 e 7 de agosto, no Centro de Convenções SulAmérica, na Cidade Nova, Rio de Janeiro, e terão a Light como anfitriã. Durante o Citenel/Seenel, serão discutidos temas relacionados ao desenvolvimento de novas aplicações relacionadas ao setor elétrico, com o objetivo de agregar valor às empresas de energia.

A expectativa é que aproximadamente mil pessoas participem dos eventos. A Aneel recebeu 325 trabalhos para seleção, entre Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e Eficiência Energética. A Comissão Técnica, criada especificamente para este fim, selecionará artigos inéditos que apresentem resultados gerados no âmbito dos projetos de P&D, além de informes técnicos de atividades concluídas do Programa de Eficiência Energética (PEE) que abordem algum elemento de destaque ou inovação em sua execução, custeio ou metodologia de verificação de resultados.

Nesta edição, também serão realizados quatro painéis de discussão sobre temas de relevância em P&D e EE (confira a relação abaixo) e rodadas de negócios para parcerias entre ofertantes e demandantes dos “produtos” resultantes desses programas. Uma área de exposições permitirá ainda a troca de experiências para o desenvolvimento de novos negócios.

“Como organizadora do evento, a Light também promoverá uma visita técnica para os participantes ao seu Centro de Demonstração de Eficiência Energética e Smart Grid, com inauguração prevista para agosto”, informa Antonio Raad, Engenheiro da Light.

Para mais informações ou inscrições, acesse o Portal do evento.

Painéis:

Painel 1 – Parcerias estratégicas como agregação de valor: casos internacionais e o caso brasileiro – experiências da Alemanha, Japão e Reino Unido de parcerias de empresas de energia (geradoras, transmissoras e distribuidoras) com entidades diversas, visando consolidar pesquisas e o ciclo de mercado de produtos e serviços de interesse do setor elétrico.

Painel 2 – Eficiência Energética como políticas públicas – experiências internacionais bem-sucedidas do México, Alemanha, Japão e Reino Unido, na implementação de políticas de eficiência energética.

Painel 3 – Prospecção tecnológica, inovação e direitos de propriedade – questões relacionadas aos diversos programas de transferência de tecnologia de universidades estrangeiras, tais como Oxford e Cambridge, bem como sobre o Acordo de Cooperação entre Aneel e o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), que promoverá discussões técnicas, capacitação profissional e a disseminação de informações sobre Inovação, Propriedade Intelectual (PI) e Informação Tecnológica para um melhor entendimento e uso do sistema de proteção do intangível.

Painel 4 – Integração das políticas de eficiência energética às políticas energéticas no Brasil – diversos órgãos de governo (Eletrobras Procel, Inmetro, Ministério das Minas e Energia, dentre outros) apresentarão as políticas de eficiência energética vigentes no Brasil.


Fonte -Fonte: Rio Capital da Energia