Legislação

INEA AUTORIZA ADIÇÃO DE DIESEL DE CANA-DE-AÇÚCAR EM ÔNIBUS


A presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) Marilene Ramos, autorizou a Fetranspor a promover a adição, em caráter experimental, de 30% de diesel de cana-de-açúcar no diesel convencional de 30 ônibus urbanos durante um período de 14 meses. O teste tem como objetivo avaliar a eficácia da mistura e seu efeito na redução de emissões de poluentes atmosféricos.

De acordo com a Fetranspor, os veículos vão começar a trafegar na área urbana do Rio a partir do dia 15 deste mês e o teste será encerrado em setembro de 2012.

Estima-se que serão utilizados 300 metros cúbicos de diesel de cana-de-açúcar durante este período. Marilene Ramos determinou, em atendimento ao parecer dos técnicos do instituto, que relatórios sejam encaminhados mensalmente ao Inea e que os veículos utilizados no teste tenham motor com fabricação posterior ao ano 2000.

O Inea fará também a avaliação da qualidade do ar nas regiões percorridas pelos veículos de teste.

A utilização de diesel de cana-de-açúcar, de acordo com estudos de emissão realizados anteriormente, resulta em redução significativa nos teores de material particulado, óxidos de enxofre, monóxido de carbono e hidrocarbonetos.

Com isso, o que se espera é a redução das emissões de fontes móveis, que, de acordo com o inventário da Região Metropolitana do Rio, respondem por 77% das emissões.


Fonte -Fonte: Inea