Hidrossanitária

HORÁRIO DE VERÃO: QUAIS OS RESULTADOS NA ECONOMIA


A economia gerada equivale a 2 mil megawatts, o equivalente a 3 turbinas de Itaipu, ou ainda o consumo de Brasília e Belo Horizonte juntas, durante o horário de pico.

O último horário de verão durou 133 dias, reduzindo em 4,6% o consumo no horário de pico nas regiões onde foi praticado (Sul, Sudeste, Centro-Oeste, além da Bahia).

Houve participação de 11 estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Bahia, além do Distrito Federal.

Ao todo, estima-se que a economia tenha sido de R$ 160 milhões, em todo o país.

O DF economizou 2,3 mil megawatts/hora, de acordo com o governo durante o último horário de verão. A Companhia Energética de Brasília (CEB) explica que os resultados representam uma redução de 0,4% do consumo geral do DF.

Lembrando que a temporada do horário de verão 2013-2014 vai de 20 de outubro a 16 de fevereiro de 2014.


Fonte -Fonte: EBC