Hidrossanitária

GOVERNO AUTORIZA O DESLIGAMENTO DE 21 USINAS TÉRMICAS E REDUZIRÁ CUSTOS DE OPERAÇÃO


Uma nova medida do governo autorizou o desligamento de 21 usinas térmicas no Brasil, em meio a um cenário de regularização das condições hídricas no país. A decisão, tomada nesta semana pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), tem como objetivo desativar as usinas que tenham um custo variável único (CVU) maior que R$ 600/MWh, e trará uma redução de 2.000 MW médios de energia dentro do atual quadro de geração térmica. A estimativa é de que, em 2015, o custo mensal de operação seja reduzido em R$ 5,5 bilhões.

Proposta pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a medida deve contribuir para uma redução das tarifas de conta de luz e no valor da energia. O baixo volume nos reservatórios das hidrelétricas brasileiras vinha levando as térmicas a operar em níveis recordes para atender às demandas. O cenário, no entanto, vem apresentando uma recuperação da matriz hidroenergética no país. Com a nova decisão, o Comitê estabelece que o ONS deverá acompanhar os níveis de geração para definir o volume necessário a ser gerado nas usinas térmicas.

A expectativa é de que, em meio à melhoria das condições hídricas no Brasil, os níveis de armazenamento atinjam até o final deste ano os níveis de 30% nas regiões Sudeste/Centro Oeste.


Fonte -Fonte: PetroNotícias