Hidrossanitária

FONTES ALTERNATIVAS DEVEM REDUZIR CUSTO DE CONTAS DE LUZ


Uma série de medidas tomadas pelo Ministério de Minas Energia pode reduzir o custo das contas de luz nos próximos anos, afirmou o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do ministério, Altino Ventura Filho, durante seminário na Fundação Getulio Vargas, no Rio.

Entre essas medidas, o secretário destacou o uso do bagaço de cana-de-açúcar para geração de energia elétrica, que deve ter a exploração ampliada nos próximos dez anos.

Ventura também citou os leilões de energia elétrica, dos quais participam empresas geradoras de eletricidade e os compradores, que são os distribuidores.

“No Brasil, o suprimento de energia se dá partir da competição e se reflete no menor custo possível”, afirmou.

Segundo ele, outra forma de baratear os custos, no curto prazo, é a inclusão da região Norte no Sistema Interligado Nacional. Dessa maneira, os usuários vão receber energia de hidrelétricas e não mais de térmicas, que, além de mais caras, são mais poluentes.

Para incentivar a maior utilização do bagaço de cana na matriz energética, o secretário lembra que o ministério tem políticas de diversificação, que preveem participação maior de usinas hidrelétricas.

“No nosso plano para os próximos dez anos, 70% do incremento de mercado de energia será atendido com a hidreletricidade, que é mais competitiva que outras fontes”, afirmou Ventura.


Fonte -Fonte: Valor Econômico / Agência Brasil