Notícias

Firjan se prepara para alta na demanda do Núcleo de Acesso ao Crédito


Com a taxa Selic mais baixa, os financiamentos voltados às atividades produtivas podem ser um importante aliado de quem pretende investir na empresa ou aumentar o fluxo de caixa. Para facilitar a união de quem fomenta com quem demanda, a Firjan dispõe do Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC), que oferece assessoria gratuita sobre linhas de instituições financeiras parceiras. Mantido por meio de acordo estabelecido com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o serviço é realizado por um agente, que orienta associados ou não à Firjan sobre os melhores canais para se obter o crédito. Estima-se que, no ano passado, mais de 60 empreendimentos fluminenses usufruíram do NAC.

Bruno Martins dos Santos, gestor do NAC-RJ, conta que, em três anos de atuação, mais de 240 empresas conseguiram um montante superior a R$ 12,5 milhões, sendo que, somente em 2019, o Núcleo contribuiu para o desembolso de R$ 7,6 milhões. As instituições parceiras são AgeRio, BNDES, Caixa e Sicoob Cecremef. Há ainda participação em eventos como o “Rio em Ação” – parceria entre AgeRio, Banco do Brasil, Caixa e Sebrae-RJ, para oferecer linhas de créditos e orientação financeira.

Para facilitar essa interlocução, já está em fase de teste uma plataforma digital para atendimento básico, que será feito por um robô chamado Nina, que vai instruir o usuário sobre crédito, direcionando as demandas mais específicas para o NAC.

Segundo o especialista, antes de traçar o caminho das pedras do financiamento, o empresário precisa planejar as necessidades de seu projeto. “A liberação de pequenos financiamentos demoram mais do que os de valores elevados. Por isso, é preciso calcular o tempo de tramitação do pedido, que pode levar cerca de dois meses. Caso contrário, corre-se o risco de não obter o crédito a tempo”, frisa Bruno, para quem este é um bom momento de aproveitar os juros mais baixos. “Para se ter uma ideia, o BNDES cobra hoje taxa de 13,65% ao ano, bem mais acessível do que os 17% a.a. do passado recente”, exemplifica.

Além da assessoria individual, a federação consolida parcerias para ampliar o alcance das informações, como fez com o Sindicato da Indústria de Instalações Elétricas, Gás, Hidráulicas e Sanitárias do Estado do Rio de Janeiro (Sindistal), onde seus associados podem saber mais sobre as linhas de crédito do Sicoob e da AgeRio. “A interveniência da Firjan gerou a oportunidade do empresário ter crédito para desenvolver projetos; alguns deles, inclusive, serão lançados em breve, e tudo devido a essa ponte com os financiadores”, detalha Oldemar Boechat, presidente do Sindistal.

Para saber mais, envie e-mail para: nac@firjan.com.br