Eficiência Energética

EMPRESÁRIOS DA CONSTRUÇÃO INICIAM 2015 MENOS PROPENSOS A INVESTIR


A intenção de investimento na indústria da construção caiu 0,7 ponto em janeiro frente a dezembro. Na comparação com o resultado apurado em janeiro de 2013, nota-se queda ainda mais expressiva, de 15,1 pontos.
A menor propensão a investir é resultado do cenário adverso vivenciado pelo segmento, que tem enfrentado desaquecimento da atividade, situação financeira negativa e baixa expectativa de recuperação.

A Sondagem Indústria da Construção passa a trazer mensalmente um novo indicador: Índice de Intenção de Investimento. O índice, que varia de 0 a 100 pontos, é uma medida da disposição do empresário em investir nos próximos seis meses. Quanto maior o índice maior a propensão a investir.


Fonte -Fonte: CNI