Hidrossanitária

ELETROBRAS PREVÊ INVESTIMENTO DE R$ 13,7 BILHÕES EM 2013


A Eletrobrás prevê um novo ano movimentado na área de geração com a entrada em operação de várias usinas, principalmente, hidrelétricas. Em 2013, o grupo deve investir um total de R$ 13,7 bilhões. No ano de 2012, a empresa empregou R$ 11 bilhões em seus projetos, o que equivale a 85% dos R$ 13 bilhões previstos para o ano.

Dados divulgados pelo Ministério do Planejamento, contudo, mostram um número menor de execução de R$ 4,233 bilhões até outubro, ou 41,2% do orçamento monitorado de R$ 10,277 bilhões. A diferença pode ser explicada pela metodologia de cálculo dos aportes. O ministério considera os investimentos feitos pelas empresas, enquanto a Eletrobrás soma os feitos também por empresas coligadas, como as sociedades de propósito específico.

Em 2013 estão previstas a entrada em operação das hidrelétricas de Jirau (RO-3.750 MW), Simplício (RJ-333,7 MW), Batalha (GO-252 MW) e São Domingos (MS-48 MW). A usina do Rio Madeira deve entrar em operação no primeiro trimestre, mas Simplício tem que vencer uma briga judicial, que impede o enchimento do reservatório. Além das hídricas, projetos eólicos também estão na programação para operar, além do projeto Megawatt Solar da Eletrosul, que consiste em uma central de 1 MW.

Do investimento total de 2012, R$ 1 bilhão foram destinados às distribuidoras do grupo. O foco foi a ampliação das redes de distribuição, além do combate as perdas não técnicas. As concessionárias realizaram 482 mil inspeções e 154 mil regularizações, propiciando a recuperação de 242,7 mil GWh de energia não faturada, que agregaram R$ 126 milhões de receita.

Fonte: Canal Energia


Fonte -Fonte: Canal Energia