CEDAE ASSINA CONTRATO PARA OBRAS DE ESGOTAMENTO DA LAGOA DA TIJUCA


O governo do Estado, através da Cedae, assinou na quinta-feira (16/05), às 15h, na sede da empresa, à Avenida Presidente Vargas, 2.655, na Cidade Nova, contrato para dar início às obras de complementação do esgotamento sanitário da Lagoa da Tijuca. Com investimentos da ordem de R$ 23 milhões, provenientes da parceria entre Cedae e Secretaria de Estado do Ambiente, através do Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano (Fecam), as intervenções contribuirão para elevar as condições de balneabilidade das águas do Sistema Lagunar da Barra da Tijuca, indo ao encontro dos compromissos assumidos com o Comitê Olímpico Internacional (COI).

– Os esgotos coletados nessa sub-bacia serão conduzidos à Estação Elevatória Lagoa da Tijuca, concluída e em operação, e terão como destinação final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca, tendo sido tratados previamente na ETE Barra da Tijuca – explicou o presidente da Cedae, Wagner Victer.

Além das redes coletoras complementares, será implantado o Tronco Coletor Principal em concreto armado com 3 km de extensão, com diâmetros de 1.000 mm, 900 mm e 400 mm. Também será feita a transferência de ligações de esgoto do sistema de águas pluviais para a rede formal de esgotamento sanitário. A obra será executada no prazo de 18 meses.

A obra de esgotamento sanitário da Lagoa da Tijuca beneficia os imóveis no lado par da Avenida das Américas, assim como os localizados na Avenida Jornalista Tim Lopes, Avenida Professor Mário Veiga de Almeida e Lagoa da Tijuca, atendendo importantes empreendimentos imobiliários, tais como Shopping Cittá América e Bay Side; Condomínios Porto dos Cabritos, Alameda dos Eucaliptos e Jardim Nova Barra; Centros Comerciais Freeway Center, The Best, Blue Sky, ION Inteligent Center e Cope I; Concessionárias Mitsubishi, BMW e Renault; Bancos do Brasil, Caixa Econômica Federal e Bradesco; Postos Shell e Ipiranga; Clube Arouca; Restaurante Beco do Alemão; Hipermercado Extra; Igreja Universal; e Hospital da Barra.

Com esta obra e a que será iniciada semana que vem para implantar o esgotamento sanitário que atenderá às regiões da Barra da Tijuca e Jacarepaguá, ainda não conectadas ao sistema formal da companhia e às futuras instalações relacionadas aos Jogos Olímpicos de 2016, a Cedae atingirá a marca de 100% de esgoto tratado na Barra da Tijuca até 2015 (atualmente a cobertura é de 85%).

A assinatura do contrato para inicar as obras de complementação do esgotamento sanitário da Lagoa da Tijuca contou com a presença do presidente da Cedae, Wagner Victer.


Fonte -Fonte: Cedae