Geral

AMPLA APOSTA NA SEGMENTAÇÃO PARA DISSEMINAR CONCEITOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA


Desde 2004, a Ampla (RJ) trabalha a conscientização do consumo eficiente de energia através do programa Consciência Ampla. Investindo em atividades específicas e segmentadas para os diversos tipos de consumidores, a companhia já obteve resultados positivos e eficazes sobre o consumo consciente de energia em jovens, crianças e adultos.

Dentro do programa, é possível encontrar projetos voltados tanto para a informação, quanto para a troca de equipamentos e instalações. Mas a gerente de projetos sociais da empresa, Gislene Santos Rodrigues, revela que o melhor resultado é quando as duas ações ocorrem juntas. “Não basta realizar a troca de equipamentos sem o conhecimento necessário para atingir a redução do consumo, assim como não adianta conscientizar o cliente e deixá-lo com equipamentos obsoletos e de alto consumo de energia”, explica a gerente.


Para chegar até as comunidades, a concessionária investe na segmentação do trabalho de conscientização. Através do “Ampla Futuro”, jovens multiplicadores são formados nas escolas públicas e privadas para disseminar a importância do consumo consciente de energia elétrica. Ao todo, o projeto já atendeu a 281.742 crianças, que aprenderam sobre o uso eficiente de energia, ética e cidadania e preservação do meio ambiente. “Falamos em consumidores do futuro, mas, na verdade, os jovens e as crianças já são consumidores do presente porque, assim como seus pais, eles também estão consumindo energia”, lembra Rodrigues.

Com oficinas, jogos e teatros, professores previamente formados pela distribuidora conseguem transformar, de fato, o consumo desses jovens. “Crianças e adolescentes são muito sensíveis às novas ideias e aos novos hábitos. Normalmente, quando trabalhamos com jovens, é possível perceber o quanto eles se dedicam ao projeto e, muitas vezes, temos muitos feedbacks positivos de pais e professores sobre alunos que começam a falar de consumo eficiente dentro de casa ou em outros ambientes sociais”, comenta a gerente.


Outro diferencial dos projetos da companhia é a linguagem diferenciada para homens e mulheres. O projeto Ampla Saber, que já atendeu aproximadamente 621 mil pessoas, trabalha os conceitos de eficiência energética aplicados em assuntos de interesse dos universos masculino e feminino, incentivando-os a economizar e ensinando-os a montar um orçamento doméstico de acordo com a renda familiar. “No caso das mulheres, através de oficinas específicas de interesse feminino falamos sobre consumo de energia, mas não nos limitamos a falar apenas sobre isso, abordamos tudo o que engloba o consumo de energia como o meio ambiente e o orçamento familiar”, explica Rodrigues.

No caso dos homens, a concessionária oferece um painel de erros e acertos de ligações e sistemas. “Mostramos a eles a importância de não ter uma instalação com fios de telefone, por exemplo, além dos perigos das ligações clandestinas. Buscamos sempre ouvir os clientes e, através disso, passar adiante essas dicas práticas de forma eficiente”, diz a gerente.


Para o ano de 2012, a aposta da empresa foi nos esportes. O projeto desenvolve a parte lúdica do esporte e trabalha o esporte como educação. Inserida nesse universo, entra a pauta de consumo eficiente de energia. “Os jovens que participam da iniciativa recebem formação através de palestras e oficinas em relação ao consumo de energia e à consciência ambiental de forma conjunta à prática de exercícios físicos. Isso porque, quando falamos de eficiência energética, falamos também de cidadania, da responsabilidade ambiental e de como o nosso comportamento pode afetar a vida do outro”, conclui Rodrigues.


A plataforma Consciência Ampla reúne 11 projetos voltados para áreas socioeconômicas, ambientais, eficiência energética, entre outras, e já beneficiou, desde o seu início, 2,1 milhões de pessoas em toda a área de cobertura da concessionária.


Fonte -Fonte: Canal Energia