noticias

Legislação

PRODUÇÃO DE PETRÓLEO DA PETROBRÁS CRESCEU 1,2% NO BRASIL EM ABRIL

A Petrobrás informou que a produção exclusiva de petróleo da empresa no Brasil no mês de abril foi de 2,134 milhões de barris por dia, um crescimento de 1,2% em comparação ao mês anterior. O resultado se deve principalmente ao aumento da produção em campos do pré-sal na Bacia de Santos e à redução das paralisações das plataformas para manutenção.

A estatal bateu recorde de produção própria diária no pré-sal das Bacias de Santos e Campos, com um volume de 590 mil barris de petróleo por dia em 11 de abril. O crescimento na produção na região teve destaque nos FPSOs Cidade de Mangaratiba, no campo de Sapinhoá Norte, e Cidade de Ilhabela, em Iracema Sul. Em abril houve também recorde de produção média mensal própria no pré-sal, totalizando 503 mil barris diários, e de produção operada de 715 mil barris.

No mês de abril, a produção de petróleo e gás natural da empresa no Brasil e no exterior chegou a 2,785 milhões de óleo equivalente por dia. O aumento é de 0,8% em relação ao volume registrado em março. Desse total, 2,596 milhões foram produzidos no Brasil e 189 mil no exterior. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 8,8%.

A produção total de óleo e gás natural operada pela estatal no Brasil foi de 2,886 milhões de barris diários, o que representa um aumento de 1,8% em relação ao total registrado em março. A produção de petróleo operada no país foi de 2,346 milhões de barris por dia, trazendo um crescimento de 2,1% em comparação ao mês anterior, enquanto a de gás natural se manteve em 73 milhões de m³ diários, excluído o volume liquefeito, mesmo patamar registrado em março.

No exterior, a estatal produziu no mesmo mês 189,5 mil barris por dia, apresentando uma queda de 0,2% em comparação ao mês anterior. A produção média de óleo, por outro lado, subiu 0,2% no comparativo, totalizando 102,2 mil barris diários. O crescimento pode ser atribuído à expansão da produção de novos poços produtores nos EUA e à maior produção registrada no campo de Akpo, na Nigéria.

Ainda no exterior, a produção média de gás natural foi de 14,8 milhões m³ por dia, o que representa uma queda de 0,6% em relação ao mês de março.


Fonte -Fonte: PetroNotícias