noticias

Eficiência Energética

ÍNDICE NACIONAL DA CONSTRUÇÃO CIVIL FECHA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015 COM ALTA DE 3,15%

Segundo pesquisa divulgada na última quarta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pela Caixa Econômica Federal, o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) variou 0,73% em junho, ficando 0,53 ponto percentual abaixo da taxa de maio (1,26%), o que representa desaceleração.

Ainda assim, no primeiro semestre de 2015 a alta do indicador é de 3,15%. Já nos últimos 12 meses, a taxa situou-se em 5,66%, acima dos 5,51% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em junho de 2014 o índice foi de 0,59%.

Em junho, o custo nacional da construção por metro quadrado fechou em R$ 942,00, sendo R$ 507,16 relativos aos materiais e R$ 434,84 à mão de obra. A parcela dos materiais apresentou variação de 0,42%, caindo 0,12 ponto percentual em relação ao mês anterior (0,54%). A mão de obra subiu 1,08% contra 2,12% registrado em maio. Os acumulados do ano são 1,98% (materiais) e 4,54% (mão de obra), sendo que em 12 meses ficaram em 3,60% (materiais) e 8,12% (mão de obra), respectivamente.

Há em relação às regiões, a Sul foi a que apresentou a maior alta em junho (1,17%), seguida do Sudeste (0,79%), Centro-Oeste (0,64%), Norte (0,63%) e Nordeste (0,51%). Os custos regionais por metro quadrado ficaram em: R$ 942,96 (Norte); R$ 872,88 (Nordeste), R$ 994,68 (Sudeste); R$ 956,45 (Sul) e R$ 940,19 (Centro-Oeste).


Fonte -Fonte: PINI