noticias

Eficiência Energética

ÍNDICE DA CONSTRUÇÃO CIVIL SOBE 0,26% EM SETEMBRO

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) apresentou variação de 0,26% em setembro, ficando 0,44 pontos percentuais abaixo da taxa de agosto (0,70%), de acordo com dados calculados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em parceria com a Caixa Econômica Federal. O índice acumulado de janeiro a setembro foi de 4,86%. Nos últimos doze meses, a taxa situou-se em 6,07%, acima dos 5,96% registrados nos doze meses imediatamente anteriores. Em setembro de 2014 o índice fora de 0,16%.

O custo nacional da construção, por metro quadrado, que atingiu R$ 955,12 em agosto, em setembro passou para R$ 957,63, sendo R$ 512,51 relativos aos materiais e R$ 445,12 à mão de obra. A parcela dos materiais apresentou variação de 0,32%, subindo 0,11 pontos percentuais em relação ao mês anterior (0,21%). A mão de obra registrou variação de 0,20% e ficou 1,08 ponto percentual abaixo da taxa de agosto (1,28%). Os acumulados do ano são 3,06% (materiais) e 7,01% (mão de obra), sendo que em doze meses ficaram em 3,97% (materiais) e 8,58% (mão de obra), respectivamente.

Com variação de 0,64%, a região Nordeste foi a que apresentou a maior alta em setembro. Os demais resultados foram de 0,56% (Norte), -0,04% (Sudeste), 0,26% (Sul), e 0,11% (Centro-Oeste). Os custos regionais, por metro quadrado, se situaram em R$ 964,22 (Norte); R$ 884,95 (Nordeste); R$ 1.000,24 (Sudeste); R$ 995,06 (Sul) e R$ 972,21 (Centro-Oeste).

Com variação de 0,96%, Alagoas foi o estado que apresentou a maior alta em setembro. A parcela dos materiais no estado, que era de R$ 497,09 em agosto, em setembro passou para R$ 505,39; apresentando variação de 1,67%, taxa superior a de 0,26% do mês anterior em 1,41 ponto percentual.


Fonte -Fonte: Valor Econômico