Notícias

índice

IGP-M cai pelo segundo mês seguido e tem resultado mais baixo desde 1989

Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, perdeu força em maio e caiu 0,93%, segundo divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta terça-feira (30). É a taxa mais baixa para o mês de maio da série histórica da FGV, iniciada em 1989. Foi a segunda deflação mensal seguida – em abril, o índice recuou 1,1%. Em maio de 2016, a variação foi de 0,82%.

No ano, o indicador acumula queda de 1,29% e em 12 meses, alta de 1,57%. O IGP-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.

Usado no cálculo do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia os preços no atacado, teve variação negativa de 1,56%. Em abril, a taxa ficou em – 0,77%.