Legislação

FIRJAN e governo do estado traçam estratégias para recuperação de Friburgo


Durante encontro com o presidente do Sistema FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, o vice-governador do estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, anunciou nesta quarta-feira, dia 2, medidas que já estão sendo planejadas pelo governo para recuperação de Nova Friburgo: criação de Distrito Industrial para realocação das indústrias; transformação do antigo Hospital Adventista em Centro Oncológico de referência na Região Serrana; transformação da antiga Fábrica Ypu em Cidade da Educação, com cursos da UERJ; criação de uma Rodovia do Contorno para deslocar os carros pesados.

Cerca de 150 empresários aproveitaram a oportunidade para reivindicar isenção tributária. Segundo o Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Júlio Bueno, que também esteve presente no encontro, é um pedido razoável diante do quadro apresentado pelos empresários. “Vou brigar por isso no governo porque esse é um pedido bastante razoável diante do quadro que encontro”, ressaltou o secretário.

Entre os argumentos apresentados pelos empresários, está o fato de Nova Friburgo estar fora da linha de investimento do governo, que tem foco nos jogos esportivos, e o grande número de empresas desestabilizadas por conta das chuvas. “Precisamos agilizar a entrada de dinheiro no caixa. No próximo dia 5, os empresários já têm compromisso com a folha de pagamento de seus funcionários”, frisou o presidente da FIRJAN, Eduardo Eugenio.

Além da isenção tributária e a liberação de recursos, os empresários cobraram urgência na recuperação da infraestrutura urbana, com alojamento provisório para os desabrigados; adiamento de tributos e simplificação de linhas de crédito.

Outro pedido foi a adoção de programa tributário de emergência para parcelamento de débitos em até 24 meses e implantação de incentivos para compras públicas no município de Friburgo, sugestão que o secretário de Desenvolvimento Econômico se comprometeu em consultar a Petrobras e avaliar a possibilidade de compras de uniformes e produtos do setor metalmecânico no município.

No médio prazo, estiveram na pauta das discussões um programa temporário de incentivos fiscais e de créditos, plano de desenvolvimento da atividade turística, plano de recuperação econômica para o desenvolvimento sustentável, incentivo para a indústria de inovação e a implantação de instituições de ensino na cidade.

Também estavam presentes na reunião o presidente da Investe Rio, Maurício Chacur, e o presidente da Representação Regional da FIRJAN em Nova Friburgo, Vicente Bastos Ribeiro.

Fonte: FIRJAN

Fonte –