Geral

Governo do estado estuda adiamento do pagamento de ICMS e novo Refis


Diante da preocupação das empresas do Rio de Janeiro, com a dificuldade de pagamento dos salários em junho e de colapso da produção por conta do fluxo de mercadorias nos últimos dias, a FIRJAN, em conjunto com outras quatro instituições representantes do setor empresarial, pediu ao governador Luiz Fernando Pezão o adiamento do pagamento do ICMS em 15 dias corridos. A reunião aconteceu na manhã desta segunda-feira (04.06), no Palácio Guanabara, com a presença também de representantes da Asserj, SindRio, Fecomércio e Aderj. O governador se comprometeu a estudar a proposta de adiamento do ICMS e a enviar à Alerj projeto de novo refinanciamento das dívidas tributárias (Refis).