noticias

Energia elétrica

CONCESSIONÁRIAS E EMPRESAS DE GÁS NA MIRA DO PROCON

O Procon Estadual vai investigar concessionárias e empresas de gás para verificar se elas realizam inspeção de segurança em todos os estabelecimentos e residências do estado, como prevê a lei que entrou em vigor desde março. Além da CEG e CEG-Rio, as empresas Supergasbrás, Minas Gás, Ultragaz, Liquigás e Copagás estarão na mira do órgão. A legislação estadual determina que é responsabilidade das empresas dar ampla divulgação aos consumidores sobre a obrigatoriedade da inspeção.

A autovistoria predial, exigida no município desde julho de 2014, foi realizada em apenas 30.244 mil edificações das 270 mil existentes no Rio. Dos imóveis vistoriados, 18.517 apresentaram a necessidade de realização de obras. “Ainda é um número muito pequeno e isso preocupa. Os moradores precisam se atentar para a manutenção”, ressaltou o secretário de Governo, Pedro Paulo Teixeira.

Em reunião realizada na tarde desta terça-feira, com representantes da Agenersa, Inmetro e Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, ficou definido que o Inmetro será responsável por acreditar empresas para realizar as inspeções de gás natural canalizado. O prazo para divulgação é de quatro meses.

O consumidor que instalou gás até o dia 18 de março deste ano tem cinco anos para realizar a vistoria periódica, ou seja, a primeira vistoria quinquenal deverá ser realizada até 18 de março de 2020. Já o consumidor que instalou gás a partir de 19 de março terá cinco anos para fazer a vistoria quinquenal, a contar da data de instalação.


Fonte -Fonte: O Dia