noticias

Energia elétrica

BRASIL CONSUMIRÁ 77 MILHÕES DE M³/DIA DE GÁS NATURAL EM 2024

O Brasil consumirá 77 milhões de m³/dia de gás natural no final desta década, de acordo com o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE) 2015–2024, divulgado pela EPE em 17 de setembro de 2015. Caso a previsão esteja correta, haverá um acréscimo de 42% na demanda do país por gás natural entre 2015 e 2024.

Contudo, quando comparado ao consumo estimado no último plano decenal, o cenário é de retração. No PDE 2014–2023, a previsão era que os brasileiros demandassem 100,2 milhões de m³/d de gás em 2023. Agora, a estimativa para esse mesmo ano foi rebaixada para 74,4 milhões de m³/d, queda de 26%. Esses valores não incluem o consumo em cogeração de energia, usinas termelétricas e atividades de E&P, de acordo com a empresa.

Consumo por segmento
Dentro os segmentos consumidores de gás, o setor energético — que representa os usos de refinarias e atividades de compressão em gasodutos — responderá pelo maior crescimento na comparação entre 2015 e 2024. De acordo com a EPE, o setor terá uma demanda de 19,1 milhões de m³/dia, quase o dobro do calculado para o ano de 2015.

Já o segmento residencial brasileiro deve consumir 1,9 milhão de m³/d do combustível no final dessa década, o que representa uma alta de 73%. Em termos volumétricos, a indústria continuará responsável pela maior demanda, de 38 milhões de m³/d de gás em 2024.

O volume de gás consumido para gerar energia sofrerá uma das variações mais acentuadas dos próximos dez anos, segundo a EPE. A demanda das térmicas a gás potencialmente despachadas será de 22,3 milhões de m³/d em 2015, caindo para 11,2 milhões de m³/d em 2019 e fechando a década em 24,4 milhões de m³/d.


Fonte -Fonte: GasNet