agenda

Evento Sindistal

Entrevista Sindistal no Programa Manhã Dez

No dia 24 de abril de 2019, Fernando Carlos Cancella -Presidente, Luiz Marcel – Diretor Técnico e Oldemar Boechat- Diretor Executivo do Sindistal, estiveram presentes no Manhã Dez – Rede Petrópolis de Televisão, para entrevista sobre o PGEE SINDISTAL (Programa de Eficiência Energética-Sindistal).

 

Leia a entrevista abaixo:

“O verão chegou e com ele vem o aumento do consumo de energia elétrica causado principalmente pelo crescente uso de eletrodomésticos como ventiladores, ar-condicionado e geladeira. E com as constantes variações na tarifa, além das restrições nos reservatórios de água das hidrelétricas, é importante que o consumidor pense em alternativas para proteger tanto o bolso quanto o meio ambiente.

Em razão disso, o Sindistal (Sindicato da Indústria de Instalações Elétricas, Gás, Hidráulicas e Sanitárias do Rio de janeiro) está disponibilizando tanto para consumidores residenciais quanto para empresas comerciais e industriais, acesso ao seu Programa de Gestão em Eficiência Energética (PGEE), iniciativa que é válida para todo o estado e que utiliza a aplicação de sistemas fotovoltaicos (painéis de energia solar), geradores a gás, ou outras soluções técnicas para reduzir e otimizar o consumo de energia elétrica.

De acordo com Fernando Carlos Cancella, presidente do Sindistal, o PGEE prevê uma série de medidas que ajudam na redução média que varia de 30% a 80% no consumo de energia, dependendo do perfil do consumidor e das características da instalação. “O PGEE não só reduz e otimiza o consumo de energia, mas também promove para a sociedade a consciência da necessidade do uso racional dela. Além disso, atua na busca de alternativas energéticas, mais sustentáveis e economicamente mais viáveis, sem perda do conforto ou da relevância de seu uso final”, explica.

Reposicionamento de mercado e consumo consciente

Ainda segundo o presidente do Sindistal, o PGEE não é voltado apenas para possibilitar a redução na conta de energia de quem adere ao programa, mas também tem como objetivo oferecer oportunidade de reposicionamento, capacitação e acesso ao mercado às empresas no estado, além de conscientizar a todos os tipos de usuário sobre a necessidade em se consumir energia de forma mais consciente e que ajude na preservação do meio ambiente. “Cada projeto desenvolvido dentro do PGEE visa contribuir para o aumento da produtividade e competitividade das empresas de nosso estado, mas também tem foco na redução do impacto ambiental promovido, evidenciando tanto a viabilidade técnica-econômica, quanto a socioambiental, desenvolvendo a consciência coletiva de que toda a ação de eficiência energética resultará na redução dos índices de emissão de CO² em toda a cadeia produtiva de qualquer segmento”, destaca.

Como funciona o PGEE

Para ter acesso ao PGEE são necessárias algumas etapas:

Inscrição – Os interessados devem contatar a Central de Serviços do Sindistal que fica no endereço eletrônico: www.sindistal.org.br e preencher um formulário online com informações básicas.

Seleção do tipo ou natureza do serviço – Após o preenchimento, o usuário poderá escolher o tipo de serviço que deseja dentro do programa de eficiência energética, ou até mesmo selecionar serviços ligados a sistemas elétricos e a gás.

Encaminhamento da demanda – Após essa etapa, a necessidade do usuário é analisada pelo Sindistal que direciona a demanda para as empresas filiadas à entidade. Todas elas possuem certificação de qualidade e plena capacitação técnica para a prestação do serviço selecionado pelo usuário.

Diagnóstico – As empresas cadastradas na Central de Serviços do Sindistal entram em contato e marcam uma visita com o interessado para elaboração de um diagnóstico (Estudo de Viabilidade Técnico-Econômica – EVTE), que analisa as possibilidades que o usuário tem para autogeração de energia e combate ao desperdício.

Todas essas etapas acima são realizadas gratuitamente, exceto em casos que haja a necessidade de grande deslocamento em razão da distância entre a prestadora de serviço e o cliente.

Projeto – Após a constatação de viabilidade de adesão ao PGEE e do real interesse do usuário, a prestadora de serviço selecionada por ele inicia a fase de elaboração de projeto executivo para aprovação junto à concessionária de energia local com base na metodologia de Medição & Verificação (M&V).
Vale lembrar que neste caso a pessoa ou empresa que aderir ao PGEE terá acesso a vários prestadores de serviço cadastrados, podendo ter acesso a preços mais acessíveis em razão da concorrência estabelecida por esse tipo de sistema.

Instalação – É a aplicação da solução tecnológica indicada no projeto executivo que podem incluir sistemas fotovoltaicos, geradores a gás e outras ações indicadas.”

 

Os interessados em obter mais informações sobre o PGEE, ou em aderir ao programa, também podem entrar em contato direto com o Sindistal pelo telefone: (21) 2240-1826 

 

 

(FONTE: Manhã Dez- Rede Petrópolis de Televisão)